Terceira, Açores, Portugal

Atualizado: 4 de fev.

O arquipélago dos Açores, em conjunto com o da Madeira, das Ilhas Canárias e de Cabo Verde, insere-se na região biogeográfica da Macaronésia. O termo, de etimologia grega, significa “ilhas afortunadas” para quem as habita e visita.


Quando o ano passado viajei para os Açores pela primeira vez, prometi que voltaria uma vez por ano, todos os anos, até conhecer as nove ilhas que compõe o arquipélago.


Com uma pandemia mundial à solta, esta promessa foi esmorecendo e estava convencida que só voltaria aos Açores em 2021, por isso foi natural o meu entusiasmo quando a minha chefe me propôs acompanhar uma presstrip à Terceira e à Graciosa.


Sem hesitar, acordámos tudo com a jornalista e a fotógrafa da Condé Nast Traveler España e aí fomos nós, 4 mulheres de 4 gerações diferentes, rumo às ilhas centrais dos Açores.


Quando aterrámos na Terceira já era noite cerrada, no transfer do aeroporto para o hotel não consegui ver para onde estava a ser levada. Pela janela aberta do quarto do Terceira Mar Hotel entrava o ar salgado e o rugir de ondas a bater nas rochas, mas a visão só alcançava escuridão. Foi só no dia seguinte, bem cedo, que vi onde estava: uma imensidão de água de um azul profundo rodeava o hotel.


A nossa guia, a Marisa, esperava-nos no lobby, íamos ter um dia preenchido a visitar o centro de Angra do Heroísmo.


Vista sobre Angra do Heroísmo do miradouro do Alto da Memória, Terceira, Açores
Angra do Heroísmo desde o miradouro do Alto da Memória.

Antes morrer livres que em paz sujeitos


É esta a divisa que nos recebe à entrada da Fortaleza de S. João Baptista no Monte Brasil. Remonta à época em que os terceirenses apoiaram D. António I, Prior do Crato, recusando a sujeição da ilha Terceira ao rei Filipe II de Castela, em 1580. Define o caráter patriota e obstinado dos habitantes desta ilha. Hoje em dia está presente no brasão de armas da Região Autónoma dos Açores.


Passear por Angra do Heroísmo, património da Humanidade da UNESCO, transporta-nos a uma cidade tipicamente portuguesa, com as fachadas coloridas e flores perfumadas nas varandas, mas sem nos esquecermos das características vulcânicas da ilha pela presença da rocha escura basáltica a calcetar as ruas e praças.


Do alto do monumento da Memória a D. Pedro, descemos pelo jardim botânico do Duque até aos Paços do Concelho. A riqueza arquitetónica dos palácios, as igrejas e fortalezas são os testemunhos presentes do tempo em que o porto da cidade era escala obrigatória das naus que partiam para o Novo Mundo e quando regressavam carregadas com os tesouros da América e as especiarias do Oriente.


Fachadas coloridas em Angra do Heroísmo; Jardim Duque da Terceira; Mercearia na Quinta do Martelo; Favas com molho de unhas.

Fomos almoçar à Quinta do Martelo, entrámos na mercearia e aí nos acomodámos enquanto o Sr. Gilberto, o visionário por detrás deste museu etnográfico e recriação autêntica das artes e ofícios de outrora, nos servia as entradas ao balcão.


Quando terminámos, umas nuvens brancas barravam os raios de sol, quisemos parar nas piscinas naturais, mas faltou-nos a coragem. Fomos para o nosso segundo alojamento na Terceira, o Caparica Azores Ecolodge, na freguesia dos Biscoitos. Este integra-se na perfeição no ambiente que o rodeia, é um verdadeiro oásis em harmonia com a natureza.

A piscina do Caparica Azores Ecolodge; A vegetação que envolve o hotel.

O dia seguinte amanheceu cinzento, mas rodeada de um verde intenso não resisti em mergulhar na piscina cor-de-rosa de água salgada. Aqueci-me com um bom pequeno almoço trazido numa cestinha de vime, repleta de produtos locais, até à nossa casa.


Seguimos à descoberta da ilha, a primeira paragem do dia foi nas piscinas naturais dos Biscoitos, a água muito salgada permite que se flutue facilmente por entre as correntes quentes. Os nadadores salvadores têm o árduo trabalho de vigiar o “belo abismo”, um penhasco de uns 5 metros de altura por onde os miúdos destemidos se atiram de mil maneiras para a água: em mortais, encarpados, até têm um salto próprio de nome xanaia.


Hotel Caracol; Salto xanaia nas piscinas naturais dos Biscoitos.

Durante a tarde emergimos pelas maravilhas do subsolo no Algar do Carvão, um cone perfeito de 90 metros, povoado de variadíssima vegetação, formado pelo vulcão ainda ativo. Sentimo-nos fascinadas (e um pouco intimidadas) perante semelhante demonstração da força e beleza da natureza.


A chuva miudinha e o nevoeiro denso acompanharam-nos de volta a Angra pelas estradas emolduradas de hortênsias.

Cone vulcânico do Algar do Carvão, Terceira, Açores
Cone vulcânico do Algar do Carvão.

O nosso último dia brindou-nos com um sol resplandecente, perfeito para a observação de cetáceos por que tanto ansiávamos. A Joana, a guia e bióloga marinha da OceanEmotion, assinalava com entusiasmo todas as características que diferenciavam as espécies de golfinhos e baleias que nos vinham saudar.

Um pato na marina de Angra do Heroísmo; Passeio de barco com a OceanEmotion; Observação de cetáceos; São Mateus da Calheta.

A tarde foi passada na companhia do Luís, da Azores Touch, que nos guiou por São Mateus da Calheta, uma vila de pescadores e antigos baleeiros. Ao final do dia, levou-nos a jantar a casa dos seus sogros, finalmente provei a verdadeira alcatra, cozinhada em forno de lenha, sobre pão doce com vinho verdelho a acompanhar. E ali ficámos à conversa, durante horas, enquanto o sol desaparecia por trás da paisagem.


A ilha despida das suas célebres festas este ano não diminuiu a contagiante alegria e hospitalidade dos terceirenses, ficou feita a promessa de regresso para celebrar os amigos, as amigas, os compadres e comadres, as festas Sanjoaninas, do Espírito Santo e as touradas à corda.


Seguimos viagem para a Graciosa, podem ler o roteiro completo aqui.

 

Como chegar How to get there

Há voos diretos desde Lisboa e Porto até à Terceira, a viagem dura 2.30h. Para viajar para as outras ilhas podem apanhar um avião com a Sata ou um ferry.

Como se deslocar How to move around

Têm de alugar um carro para se deslocarem com maior conforto e rapidez pela ilha.

Onde dormir Where to sleep

Terceira Mar Hotel fica numa baía sobre o oceano, o som das ondas a bater nas rochas impressiona e acalma. www.hotelterceiramar.com/


Caparica Azores Ecolodge nos Biscoitos. A filosofia da Sandra e do Guillaume é o total respeito pela natureza, por isso os 6 lodges de madeira local têm um impacto mínimo no território. Cada lodge tem uma obra de uma artista açoriana exposta. www.caparica-ecolodge.com/azoresecolodge


Hotel do Caracol fiquei com pena de não aproveitar melhor este hotel. A piscina exterior em meia lua está rodeada por mar e do hotel temos acesso à zona balnear. www.hoteldocaracol.com/


Pousada de São Sebastião localizado no forte de São Sebastião do séc. XVI, que protegia a baía de Angra dos ataques de piratas e corsários. Tem detalhes bonitos e a possibilidade de visitar todo o forte. O pequeno-almoço é excelente. www.pousadas.pt/pt/hotel/pousada-angra

Onde comer Where to eat

O Forno em Angra do Heroísmo. A D. Ana Maria recuperou as receitas da sua avó e abriu esta famosa pastelaria. O doce mais conhecido é o D. Amélia, um doce com açúcar, passas, canela e especiarias secretas que lhe confere um travo picante. A receita surgiu em 1901 para impressionar a rainha D. Amélia durante a sua passagem pela ilha e em sua honra foram assim batizados os bolinhos. Para além do D. Amélia, provem o Caretas, com amêndoa, e o pastel Conde da Praia, mais cremoso. www.facebook.com/pages/category/Coffee-Shop/O-Forno-Pastelaria-246019832239102/


Quinta do Martelo em São Mateus. Entrámos pela mercearia e aí provámos ao balcão as entradas: queijo fresco com massa de malagueta, favas com molho de unhas e caldeada de vinho de cheiro com laranjada. O restaurante fica no primeiro andar. Também tem opções de alojamento. restaurante.quintadomartelo.net/


Tasca das Tias em Agra do Heroísmo. Uma descarga de água dos céus fez-nos correr até ao abrigo mais próximo, o acaso e a sorte levaram-nos a entrar neste simpático restaurante de petiscos regionais. www.facebook.com/pages/category/Family-Style-Restaurant/Tasca-das-Tias-781916685160366/


Marisqueira Sabores do Atlântico na Praia da Vitória. Tem uma abundante variedade de peixe fresco por onde escolher e qualquer escolha é acertada. www.facebook.com/restaurantesaboresdoatlantico


Restaurante do Forte de São Sebastião serviram-nos alcatra de peixe, estava deliciosa, mas a menção honrosa vai para a sobremesa: bolo Dona Amélia com gelado. www.pousadas.pt/pt/hotel/pousada-angra/restaurantes


Cais de Angra na marina de Angra do Heroísmo. O menu de almoço, tanto de carne como de peixe, agradou a todos apesar da longa carta cheia de sugestões apetecíveis. A esplanada ensolarada convida a passar ali horas. www.facebook.com/cais.dangra

O que visitar What to visit

Azores Touch é uma empresa de animação turística com atividades pela Terceira e Graciosa.

A simpatia dos guias e a originalidade das propostas lúdicas que oferecem fizeram-nos sentir sempre bem acompanhadas. Também têm várias ofertas de alojamento. www.azorestouch.com/


Monte Brasil vulcão extinto ligado à ilha por uma língua de terra. É uma reserva natural ótima para fazer caminhadas e piqueniques.


Fortaleza de São João Baptista no Monte Brasil. Inicialmente chamada de São Filipe em homenagem ao soberano, Filipe II de Espanha, foi erguida durante a Dinastia Filipina e constitui a mais importante fortificação dos Açores. Servia para reforçar o sistema defensivo da região contra os constantes assaltos de piratas e corsários, atraídos pelas riquezas das embarcações que aportavam na baía de Angra, oriundas de África, Índia e Brasil.


Alto da Memória monumento erigido em 1856 em homenagem à passagem de D. Pedro IV pela ilha, no período da Guerra Civil Portuguesa, pois os terceirenses sempre apoiaram a causa Liberal. A primeira pedra para a sua construção foi uma das que o imperador pisou quando desembarcou em 1832. Daqui temos uma magnífica vista panorâmica sobre Angra do Heroísmo.


Jardim Duque da Terceira um jardim botânico no centro de Angra, muitas das plantas exóticas aqui presentes foram trazidas durante o início das aventuras marítimas.


Piscinas naturais dos Biscoitos entre a ameaça de tempestade ou o aparecimento do sol, aventurei-me e mergulhei nestas piscinas embora o mar estivesse revolto. Procurem o salto do abismo e vejam as crianças a saltar de mil maneiras para a água.


Algar do Carvão indispensável visitar este monumento natural. A primeira descida a esta imponente estrutura vulcânica foi feita em 1893 com a utilização de uma corda. Atualmente o acesso é através de um túnel e escadarias. O revestimento da cratera é composto por mais de oito dezenas de espécies vegetais diferentes.


Museu dos Botes Baleeiros em São Mateus da Calheta. Numa vila de pescadores e baleeiros há um pequeno espaço museológico, aberto a todos os curiosos que por ali procurem informação sobre a caça à baleia e tudo o que esta atividade envolvia.


Observação de cetáceos fomos com a OceanEmotion de barco e vimos quatro espécies de cetáceos. O respeito pelos animais, mantendo a distância, o acompanhamento constante e as explicações da nossa guia fizeram com que este passeio superasse todas as expetativas. pt.oceanemotion.pt/


Miradouro da Serra do Cume imperdível subir à serra e deparar-se com o famoso postal ilustrado da Terceira – a Manta de Retalhos, formada pelos terrenos verdejantes divididos por muros de pedra vulcânica.

Onde comprar Where to shop

Ourivesaria Teles uma das ourivesarias mais antigas da ilha, tem peças únicas com pequenas referências à flora presente na Terceira. ourivesariateles.com/ourivesariateles


A Mulher do Capote uma colorida loja de artesanato gerida por uma lisboeta. www.facebook.com/amulherdocapote/


Queijaria Vaquinha nas Cinco Ribeiras, o queijo mais antigo da Terceira é feito artesanalmente. Na esplanada, enquanto degustam as diferentes variedades de queijo que aqui são produzidas, não deixem de provar a cerveja Brianda, também de fabrico artesanal.queijovaquinha.pt/



Aqui está o mapa com todos os locais mencionados no post:







405 visualizações2 comentários

Posts recentes

Ver tudo